Rua Félix da Cunha, 65

Tijuca, Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20.260-300

CNPJ: 06.248.577/0001-01

Capacitação de Shidoin e encontro técnico de federações - JKS Brasil

January 21, 2018

 

No último final de semana, entre os dias 19 e 21 de Janeiro, foi realizado na academia NKK o encontro técnico anual entre as federações filiadas à JKS Brasil. Como em todo ano, o encontro foi dividido entre a assembleia geral ordinária da confederação e o curso técnico anual para atletas e professores.

 

Com a duração de dois dias, dias 19 e 20, o curso técnico deste ano, planejado e ministrado pelo sensei Sadamu Uriu, teve como principal objetivo a capacitação de instrutores. O curso foi baseado no ensino aos instrutores de uma didática simples e correta, e em especial em como repassar ensinamentos de kihon, kata e kumite de maneira que os alunos compreendam mais facilmente os fundamentos por detrás destas técnicas.


No primeiro dia de curso, sensei Sadamu Uriu realizou na parte da manhã uma breve aula teórica; nela ele deu ênfase à prática correta de alongamentos para o treinamento, atentando aos instrutores que é necessário se ter em mente as especificidades das técnicas de karate ao se construir o aquecimento pré-treino; sensei Uriu também chamou atenção à ligação entre os treinos de kihon, kata e kumite, lembrando sobre a importância para o karate de não se separar um tipo de treinamento do outro. Após esta parte teórica, ainda durante a manhã, sensei Uriu pôs em prática o ensinado, e os atletas e professores praticaram uma longa sequência de kihon, treinando principalmente postura, preparação e bases. Na parte da tarde, sensei Uriu passou para o treinamento de kihon ippon kumite e de jiyu ippon kumite, lembrando aos instrutores do uso das técnicas básicas dentro do kumite combinado e do kumite livre; o treino deste dia foi finalizado com a série Junro kata. No segundo dia de curso, o tema principal foi o treinamento de jiyu kumite: os atletas treinaram movimentos de defesa como os presentes nos Koten kata e Junro kata e
praticaram técnicas como mikiri e deai, assim como diversas formas de tai-sabaki. Durante os dois dias de treinamento, sensei Uriu chamou atenção à importância de se usar diariamente os nomes de golpes e movimentos em Japonês de maneira correta, evitando assim o esquecimento por parte dos professores e ajudando os alunos no aprendizado destas novas palavras. Aos seus oitenta e oito anos, mesmo sob o forte calor do Rio de Janeiro, Sadamu Uriu não mediu esforços para repassar seus conhecimentos, sendo bastante exigente e detalhista durante as mais de nove horas de curso.

 

Ao final do dia 20, após o curso técnico, foi também realizado um curso de reciclagem voltado para arbitragem; o objetivo deste curso foi de repassar as novas exigências da matriz japonesa, JKS, como, por exemplo, novos comandos utilizados pelos árbitros durante as competições. Depois do treinamento de arbitragem, os professores e atletas puderam aproveitar o fim do longo dia de treinos com uma confraternização entre todos os presentes, com direito a churrasco e karaokê. Por fim, no domingo, dia 21, aconteceu a A.G.O. da JKS Brasil; nela foram discutidas questões importantes acerca da diretoria da confederação, dos rumos tomados pela instituição neste ano e do calendário de eventos nacional e internacional que em breve será disponibilizado.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload